Please reload

Posts Recentes

Brasil: o 'gigante' do mercado têxtil!

February 6, 2019

 

 

     Desde antes do início do processo de industrialização brasileiro o setor têxtil ocupa uma posição de relevância. Essa situação se deve ao fato de que, mesmo antes da chegada dos portugueses, nativos já produziam vestimentas artesanalmente utilizando de fibras vegetais. Apesar de diversas interrupções e períodos em que tal área foi prejudicada por medidas intervencionistas da Metrópole, houveram fatores históricos que favoreceram o mercado de tecidos do país. Tendo isso em vista, como se encontra esse domínio atualmente?

 

     Ao passo que o setor têxtil crescia no território, sua produção tomava proporções relevantes mundialmente de maneira que se introduziu ao mercado internacional e se tornou concorrente dos maiores mercados produtores de tecidos e vestimentas antes dos anos 2000. Nesse sentido, segundo dados do Mdic, têm - se o Brasil como um dos maiores produtores e consumidores de têxteis no globo com faturamento maior do que  51 bilhões de dólares de faturamento na Cadeia Têxtil e de Confecção em 2018. Além disso, o país é referência em segmentos do design como: moda praia, jeanswear e homewear com aumento de demanda nos segmentos fitness e de lingerie.

 

     Nesse cenário, as principais relações comerciais estabelecidas pelo Brasil no processo de importação de têxteis é a China. Já quando se trata da exportação, destacam - se o Paraguai, Estados Unidos e Argentina. Como resultado do acentuado crescimento da produção nacional de malhas, denim e vestimentas, a Abit prevê um aumento de aproximadamente 3% para o ano de 2019. Outrossim, conforme dados da Feira Internacional de Têxteis a nação é ainda responsável por 2,60% da fabricação de vestuário em nível mundial, consolidando - se como o único país sul-americano em posição de destaque no globo tendo Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro como estados encarregados dos maiores negócios nacionais e internacionais na área.

 

      Possui como itens notáveis na exportação as camisetas básicas, de algodão - tanto para adultos quanto para bebês - , blusas femininas e peças de malha. Tais produtos são oportunidades principalmente aos pequenos empreendedores, responsáveis por mais de 60% dos negócios realizados com o mercado externo, segundo a Abit. Como resultado desse crescimento, há demanda principalmente das pequenas e médias empresas brasileiras a serviços que as auxiliassem nos processos de inserção no mercado internacional, mas também, nos procedimentos necessários para trazer tecidos e peças de fora do país no intuito de oferecer diversificação no oferecimento de roupas e, em alguns casos, menores custos.

 

      Ficou interessado e deseja saber mais sobre o assunto? A F5 pode te ajudar! Entre em contato conosco e agende sua reunião para conhecer melhor as oportunidades que o mercado de têxteis oferece.

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

​Páginas da F5