Please reload

Posts Recentes

A era global.

April 6, 2018

 

 

 É amplamente conhecido que estamos vivendo a era da globalização. Com
isso, aumenta-se a intensidade internacional das relações humanas trazendo
grandes benefícios para toda a comunidade global principalmente com o mútuo
crescimento econômico e desenvolvimento tecnológico.

 

  Adentrando mais na área comercial, segundo dados do MDIC, as
exportações brasileiras cresceram 13,8% no primeiro mês de 2018 em relação ao
mesmo período do ano passado. Essa seria apenas mais uma evidência da
expansão da participação brasileira no comércio internacional e sua integração na
“era global”.

 

  De acordo com o diretor de Estatísticas de Apoio às Exportações, Herlon
Brandão, “A economia mundial aquecida demanda produtos brasileiros. Por outro
lado, o Brasil tem aumentado a sua produção, principalmente de bens agrícolas, de
petróleo, de minério. O investimento nessas áreas faz com que o país tenha
excedente para ser exportado”. Em outras palavras, a procura por produtos
brasileiros vem crescendo no mercado internacional e essa se torna uma grande
oportunidade de inserção internacional para as empresas brasileiras aumentarem
seu faturamento, desenvolvimento humano e tecnológico.

 

  No entanto, ainda há um receio que amedronta vários empresários
brasileiros com enorme potencial de inserção. Entrar no mercado internacional
exige uma disponibilidade de fundos para custear essa inserção cujos resultados
podem estar ofuscados pela névoa da incerteza da aceitabilidade do produto no
exterior.

 

  Superada a etapa do custo de inserção, os resultados certamente serão
compensadores dos custos e geradores de crescimento. Investir no comércio
internacional é uma “cartela de suplementos alimentares” para qualquer empresa.

 

  O mais simples dos benefícios seria o aumento das receitas de capital para a
empresa, mas não param por aí, redução dos riscos à empresa pelos mercados
locais e fluxos cambiais, maior margem de negociação e redução do custo unitário
tanto na importação de matérias primas quanto na exportação dos bens finais
quando maiores quantidades forem demandadas, solução para as demandas de
produtos sazonais, fomento humano e até tecnológico da empresa e fundos em
várias unidades monetárias estão apenas na ponta do iceberg dos benefícios que o
mundo globalizado pode fornecer às empresas que agarram essa oportunidade.

 

  Por fim, na era da globalização, são inúmeras as vantagens que as
empresas podem conseguir ao se inserir no mercado internacional. Uma empresa
que expande seus horizontes para o mundo consegue um ambiente mais propício
ao crescimento ao longo prazo bem maior do que o mercado interno e, assim como
disse Albert Einstein, “A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu
tamanho original”.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

​Páginas da F5